A+ A-
logo crad

Notice: Undefined offset: 15 in /var/www/html/crad.univasf.edu.br/public_html/php/random.php on line 54

O Centro de Referência para Recuperação de Áreas Degradadas, CRAD, de portas abertas




Escrito por: Galdino Carvalho da Silva Filho

Publicado em: 30/04/2020



É inegável a importância dos estudos acerca do ecossistema Caatinga. Nesse sentido, o Centro de Referência para a Recuperação de Áreas Degradadas (CRAD) dedica-se desde o ano de sua fundação aos estudos envolvendo esse ecossistema, o Rio São Francisco, e as interações que ocorrem nesses ambientes. Contando com um herbário, e coleções acessórias como carpoteca e xiloteca, além de outros espaços como CRAD dedica-se a transmitir os conhecimentos através de projetos, formar jovens extensionistas e orientar a sociedade mostrando a importância da flora da Caatinga e sua conservação.                                 

Nesse contexto, o Herbário Vale do São Francisco (HVASF), fundado em 2005, possui exemplares de Angiospermas, Gimnospermas, Pteridófitas e Briófitas, além de uma coleção líquida com exemplares de algas e macrófitas aquáticas. Centrando-se na missão de servir de base científica para vários estudos, e atuando como um local de referência na região, o herbário recebe visitas de estudantes de escolas públicas e privadas da região, universidades e de demais integrantes da sociedade a fim de promover educação ambiental,   conforme retrata o artigo “A Importância do Herbário Vale do São Francisco para a Educação Ambiental no Semiárido Pernambucano”, publicado na última edição (v. 7, n. 2, p. 189-202, 2019) da Extramuros, Revista de Extensão da UNIVASF.                

O Projeto CRAD de portas abertas (PIBEX/UNIVASF), que tem como público alvo os estudantes das escolas públicas e particulares de Petrolina – PE e cidades circunvizinhas, objetiva trazer os estudantes para conhecerem a instituição, elaborando atividades interativas e promovendo educação ambiental e sensibilização dos visitantes. Adaptadas ao público, as visitas guiadas por estagiários, como o atual bolsista do projeto Galdino Carvalho da Silva Filho, sob orientação dos Professores Dra. Maria Jaciane de Almeida Campelo e Dr. José Alves de Siqueira Filho, apresentam o CRAD, o funcionamento e objetivo de cada coleção, as principais famílias, gêneros e espécies das coleções, os métodos de coleta, identificação, a importância das coleções científicas e o seu papel na conservação da diversidade biológica.

Ademais, o Projeto Jardim Sensorial na Univasf: O sentir e o perceber (BIA/FACEPE 2019-2020), também é desenvolvido no CRAD com objetivo central de possibilitar ao público o reconhecimento das sensações apresentadas durante as visitações e construir conhecimentos multidisciplinares de forma dinâmica. Sob orientação da Professora Dra. Maria Jaciane de Almeida Campelo, a aluna bolsista Júlia da Silva Souza e os demais alunos voluntários atuam na realização de atividades que trabalham as percepções sensoriais dos visitantes (tato, olfato, visão, audição e paladar). O projeto, que não se limitou aos muros do CRAD, esteve presente também na Escola de Referência em Ensino Médio Clementino Coelho, (EREMCC), Petrolina-PE, na ocasião da Feira do Conhecimento havendo a integração de todo público.                                 

            Considerando tais informações e projetos descritos acima, nota-se a atuação do Centro de Referência para a Recuperação de Áreas Degradadas (CRAD) na comunidade externa e a abrangência de suas atividades extensionistas, possibilitando a troca de saberes diversos, baseando-se numa transmissão dinâmica de conhecimentos com a finalidade de sensibilizar o público para a conservação da fauna e flora da Caatinga, bem como,  do Rio São Francisco.

 

 



30/04/2020

Herbário HVASF

O Herbário Vale do São Francisco (HVASF) foi criado em novembro de 2005 para servir de apoio às atividades de ensino e pesquisa da Universidade Federal do Vale do São Francisco (UNIVASF). Tem como objetivo torna-se um dos herbários de referência na caatinga


Herbário HVASF

Guia de Campo

Didático e com linguagem acessível a estudantes, professores ou mesmo àqueles que gostam de ecoturismo, o o Guia de campo de árvores da caatinga traz fotos e informações curiosas sobre a vegetação desse bioma, cujas belezas e extensão são conhecidas por poucos.


Guia de campo

Registro de Frequência

O registro de frequência foi desenvolvido para auxiliar o acompanhamento de atividades realizadas por alunos no Centro de Referência para Recuperação de Áreas Degradadas, registrando com exatidão a permanência durante o estágio para confecção do certificado.


Sistema de Registro de Frequência